Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




14523075_1818407618375795_7561221588631299725_n.jp

A terceira sessão das Jornadas CCC – Consolidação, Crescimento e Coesão decorreu em Fafe, no distrito de Braga, e a mensagem transmitida por Luís Montenegro foi clara, e em forma de pergunta: para onde está a ir este País?

 

O Líder Parlamentar do PSD afirmou que o Partido Social Democrata quer “perguntar ao país se se consegue vislumbrar um caminho, um rumo. Para onde estamos a ir? Para onde nos estão a levar?” A resposta, já se sabe. Ninguém sabe. Ninguém sabe qual o legado que este Governo, quando acabar o seu mandato, quer entregar.

 

Foi-nos prometido mais crescimento, mais emprego, mais coesão social. Só que tudo isso já foi por água abaixo. E eles não querem admitir o erro”, disse Luís Montenegro.

 

Estão a ser feitos cortes cegos, e o País só não sabe mais porque os sindicatos estão de greve. “Os problemas não acabaram. Os transportes públicos estão bloqueados, nem papel há no Metro de Lisboa, e ninguém diz nada. Isto acontece porque o país não tem rumo, nem estratégia, tem negócio”, disse o social-democrata. Eles estão reféns da cumplicidade, colmatou.

 

O que está a acontecer em Portugal nos impostos é “um escândalo. Nós já atingimos a fadiga fiscal em todos os domínios. Nós não nos podemos vergar ao Estado ir buscar aos cidadãos toda a sua receita. O PSD não pode aceitar isto”, referiu Luís Montenegro. Este é um caminho errado e sem remendo, pelo que o PSD não vai entrar nas pequenas questões. O PSD vai, sim, apresentar propostas programáticas com uma visão de médio e longo prazo.

 

Coube a José Manuel Fernandes, na qualidade de Presidente da CPD do PSD de Braga, a abertura da sessão, tendo dito aos bracarenses que “neste distrito, o PSD tem dado estabilidade aos governos e executivos de cada concelho. Nós somos um sinal de estabilidade no nosso apoio. No PS, o interesse deles é o partido, não o país. Só pensam na sua sobrevivência.”

 

Também referindo-se ao Partido Socialista, Hugo Soares, deputado do Grupo Parlamentar do PSD, afirmou que qualquer Orçamento apresentado por António Costa tem “uma ferida na legitimidade política, porque este executivo não ganhou as últimas legislativas. Este é um OE assenta em premissas que não existem, até porque só recebemos os números ontem. É um Orçamento sem crescimento”.

 

Adão Silva, Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PSD, afirmou que este Orçamento do Estado é um instrumento que demonstra “como os partidos da geringonça se uniram da melhor forma possível para elaborar um documento unicamente a pensar nas eleições autárquicas”. Por isso mesmo, este não apresenta sequer, e por exemplo, uma dinâmica para fazer crescer o emprego e diminuir o desemprego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39

UMinho - Campus de Azurém, Guimarães.jpg

A Escola de Engenharia da Universidade do Minho e a Academia Militar iniciam em novembro a primeira edição da pós-graduação em Cibersegurança e Ciberdefesa, em colaboração com diversas instituições de ensino superior e empresas, enquadrada numa iniciativa da NATO (Organização do Tratado Atlântico Norte). O curso de um ano decorrerá em Lisboa e Guimarães, em horário pós-laboral e inclui um vasto programa de visitas e conferências. Destina-se a quadros licenciados e gestores civis e militares, incluindo as Forças Armadas e Forças de Segurança. As inscrições decorrem até 8 de novembro, nos sites das instituições promotoras.

 

A iniciativa pioneira resulta de parcerias com o projeto “Multinational Cyber Defence Education and Training”, tendo ainda como pano de fundo a instalação da NATO Communications, Informations and Cyber Academy, em Oeiras, já em 2018. O projeto inclui ainda, nesta fase, o lançamento da pós-graduação em Direito, Cibersegurança e Ciberdefesa, cuja primeira edição estará sediada na Universidade de Lisboa.

 

As formações têm o apoio da delegação portuguesa da NATO, da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) e da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional. São ministradas por docentes da Academia Militar, das universidades do Minho, Lisboa, Porto, Católica de Braga e Portucalense, bem como dos institutos politécnicos de Beja, Porto, Viana do Castelo, Leiria e, ainda, com a colaboração de um conjunto de empresas que operam na área.

 

Pretende-se que este Programa Internacional de Formação Pós-graduada em Cibersegurança e Ciberdefesa faça a ponte entre a academia, as empresas e a indústria, afirmando o papel de Portugal como polo de excelência internacional neste domínio. Por outro lado, visa desenvolver conhecimentos estruturantes sobre a segurança na era da informação a diplomados das áreas da engenharia, sistemas e tecnologias de informação, gestão e ciências militares, refere Henrique Santos, professor da Escola de Engenharia da UMinho e um dos dinamizadores do programa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:37


Apresentação Soft Embalagens e Publicidade

por JORNALdeFAFE, em 31.10.16

FLYER.png

A empresa SOFT - EMBALAGENS E PUBLICIDADE em Barcelos, tem como grande objectivo e missão de trabalho o desenvolvimento de soluções criativas na satisfação das necessidades específicas de cada cliente.

 


Com larga experiência ao serviço de embalagens e publicidade, efectuamos trabalhos com modernidade, talento e competência.
Seremos o seu parceiro que responde a todas as necessidades nesta área.


Com criatividade, inovação, dinamismo e qualidade conquistamos o mercado para servir as necessidades de quem nos procura.

O nosso Objectivo é fornecer os produtos e serviços para o comércio e indústria a um nível de qualidade/preço estando acessível a todos os clientes.

 

 

EMAIL: soft.publicidade@gmail.com

SITE: http://softpublicidade.wixsite.com/soft

FACEBOOK: https://www.facebook.com/softpublicidade/

LINKEDIN: http://www.linkedin.com/in/softpublicidade

GOOGLE+: https://plus.google.com/u/0/b/107297084938115511719/107297084938115511719/posts?_ga=1.247900871.1328167450.1472033925

TELEFONE: +351 922 284 049

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:35

As comemorações do Dia Mundial dos Materiais realizam-se esta quarta-feira, dia 2, no auditório nobre da Universidade do Minho, em Guimarães. O evento é promovido pela Sociedade Portuguesa de Materiais (SPM) desde 2003, com a participação da Ordem dos Engenheiros, tendo este ano o apoio da Universidade do Minho.

 

A sessão de abertura é às 9h15, com a presidente da SPM, Paula Vilarinho, o coordenador regional Norte de Engenharia de Materiais da OE, Sousa Correia, o presidente e a vice-presidente da Escola de Engenharia da UMinho, respetivamente João Monteiro e Rosa Vasconcelos, o vice-presidente da Escola de Ciências da UMinho, Nuno Peres, além de Sandra Carvalho, da comissão organizadora desta universidade. Segue-se o painel “Materiais: Ciência, Inovação e Sustentabilidade”, com Diana Nicolau, da Lipor, Paulo Ferreira, da Universidade do Texas em Austin e do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, e Paloma Fernandez-Sanchez, da Universidade Complutense de Madrid.

 

A partir das 11h30 vão ser apresentadas 18 teses de mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais realizadas nos dois últimos anos em Portugal, nomeadamente das universidades de Lisboa, Porto, Aveiro, Nova de Lisboa, Minho e Escola Naval. Os temas focam avanços nos implantes ortopédicos, na degradação de petróleo, nos revestimentos coloridos, na impressão eletrónica, na extração da resina e na valorização da casca de arroz, entre outros. As melhores teses recebem no final do evento os Prémios da SPM e OE.

 

As comemorações integram ainda às 16h00 o debate “Inovação em Materiais: Transferência para a Indústria”, com a participação de Paula Vilarinho e Sousa Correia, de responsáveis das empresas Leica e TEandM, do consultor Normando Santos, bem como do professor Zlatan Denchev e do estudante Simão Barbosa, ambos da UMinho. Às 17h15 conhece-se o trabalho da Federação Europeia das Sociedades de Materiais, através da sua vice-presidente Paloma Fernandez-Sanchez, seguindo-se a sessão solene de encerramento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:34

29-10_FACE.jpg

Após José Manuel Fernandes, Eurodeputado nomeado na comissão dos orçamentos do Parlamento Europeu para negociar o chamado ‘Plano Juncker’, ter de defendido em nome da Comissão dos Orçamentos que suspender fundos a Portugal e Espanha mereceria do Parlamento Europeu a máxima censura, o mesmo, enquanto Presidente da Comissão Política Distrital agendou para o próximo dia 29 deste mês, uma Assembleia Distrital do PSD na sala Manoel de Oliveira, no Teatro Cinema de Fafe. A esta iniciativa, a Comissão Política Nacional, juntou um momento prévio de discussão e apresentação de propostas do PSD nacional para o orçamento de estado de 2017. O PSD de Fafe acolhe com grande entusiasmo, quer a assembleia distrital que decorre no sábado pelas 16 horas, quer o momento que a antecede, com a apresentação e debate de medidas para o orçamento de estado através do seu líder parlamentar Luis Montenegro. Jorge Costa, líder da secção de Fafe, reage com agrado a mais esta manifestação de apoio e apreciação do trabalho da concelhia pelas estruturas Nacionais e Distritais do PSD, que confirmam assim mais uma vez que pretendem colocar Fafe na agenda nacional. Estas duas iniciativas, que decorrem no mesmo dia, confirmam também que a estrutura nacional do PSD pretende para Fafe uma nova energia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:12

Programa destaca intervenção do jornalista Vasco Trigo e de oradores da Bosch, Leica e Entidade Reguladora da Saúde, entre outros

 

O Centro de Computação Gráfica (CCG), no campus de Azurém, em Guimarães, promove esta sexta-feira um dia aberto com o tema “Impacto societal da investigação em Sistemas de Informação”.

 

A sessão de abertura é às 10h00, com o diretor-geral do CCG, João Nuno Oliveira, e o pró-reitor da Universidade do Minho para a Avaliação Institucional, Guilherme Pereira. Segue-se a apresentação do domínio de Engineering Process Maturity and Quality do CCG, por Ana Lima e Ricardo J. Machado, e às 10h30 a palestra principal, com Vasco Trigo, jornalista e coordenador de comunicação e multimédia do ISCTE.

 

O painel sobre os sistemas de informação na saúde reúne, às 11h30, Jorge Cruz (Fundação Champalimaud), Mário Macedo (Instituto Português da Qualidade), Carlos Cordeiro (First Solutions) e João Gaspar (Entidade Reguladora da Saúde). De tarde, a partir das 14h30, a mesa sobre a indústria conta com Francisco Duarte (Bosch), Rosário Costa (Leica) e Rui Oliveira (Riopele), enquanto o painel sobre as cidades junta ao debate Carlos Sousa (Município de Famalicão), Nuno Cunha (Quadrilátero Urbano), Rui Ribeiro (IPTelecom, Infraestruturas de Portugal) e Ricardo Vitorino (Ubiwhere). O encerramento dos trabalhos é às 17h40, a cargo de João Nuno Oliveira e Ricardo J. Machado. O site do evento éworkshopcvig.eventos.ccg.pt.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:55

O Partido Social Democrata saúda Jorge Moreira da Silva, pela nomeação para o cargo de Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE. Esta é uma nomeação que resulta de um processo de candidatura aberto e competitivo, cujo resultado prestigia Portugal mas que reflete o mérito e as qualidades do candidato.

 

É com particular orgulho que apreciamos esta nomeação, pelo reconhecimento que representa do percurso amplamente notado do Engenheiro Jorge Moreira da Silva. Portugal passou a ser líder mundial no crescimento verde, com o Engenheiro Jorge Moreira da Silva como ministro das pastas do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia. Foi também fruto do trabalho do anterior governo e da equipa liderada pelo Engenheiro Jorge Moreira da Silva que Portugal deu um contributo decisivo para reforçar o papel do mercado ibérico de energia no quadro europeu.

 

Não deixamos de destacar os seus inúmeros contributos para colocar na agenda nacional, e internacional, as preocupações do crescimento sustentável, assim como a sua dedicação aos objetivos globais incluídos nos novos compromissos para as políticas de desenvolvimento sustentável, proteção ambiental e combate à pobreza.

 

Impõe-se um reconhecimento especial pela escolha do Engenheiro Jorge Moreira da Silva para um cargo ao nível de direcção mais elevado da OCDE, colocando Portugal como uma das poucas nações que figuram naquelas posições, ao lado de países como Reino Unido, França, Alemanha e Estados Unidos da América. Apenas estes países detinham este nível de representação até este momento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49

Pedro Miguel Moura, presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa (FPTM), foi esta manhã eleito em Budapeste para o cargo de vice-presidente da Federação Europeia da modalidade – European Table Tennis Union – sendo a primeira vez que um português integra a direção do organismo.

Pedro Moura foi escolhido com 36 votos dos 48 delegados presentes, na eleição que se realizou à margem do Campeonato da Europa individual que está a ter lugar na capital húngara.

No ato eleitoral, que reconduziu o holandês Ronald Kramer na presidência, havia oito candidatos para cinco cargos na vice-presidência, com quatro recandidaturas. Pedro Moura e Cristinel Romanescu, da Roménia, estreiam-se no organismo que reelegeu Sonja Grefberg (Finlândia), Heike Ahlert (Alemanha) e Nikolas Endal (República Checa).

Para o líder federativo, “este é um momento de reconhecimento da Europa do ténis de mesa pelo trabalho efetuado pela FPTM ao longo dos anos. No ténis de mesa internacional, Portugal já não é somente um grupo de grandes jogadores.”

Pedro Miguel acrescentou que “a nível pessoal, é um momento de grande responsabilidade, em que espero dignificar o ténis de mesa português e o próprio cargo. Neste momento de grande orgulho relembro todos aqueles que ao longo dos anos têm trabalhado insistentemente para que o ténis de mesa de Portugal chegasse a este patamar tão prestigiante. Não quero também esquecer aqueles que, com enorme paixão, me acompanharam na gestão do destino do ténis de mesa português nestes últimos quatro anos, na esperança que estejam todos tão orgulhosos como eu

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:48

Foi em Felgueiras, perante centenas de pessoas que assistiam à tomada de posse da distrital do PSD Porto, que o Presidente do PSD defendeu o que “gostaria que existisse em Portugal e não existe.”

 

De acordo com Pedro Passos Coelho, é necessário fazer reformas importantes, coisa que o atual governo não faz, porque é preciso ter coragem para querer mudar alguma coisa. “O PSD é o partido que tem, desde Sá Carneiro na sua alma, inscrita essa regra na sua génese: nós somos um partido de mudança, não nos conformamos com o que existe, não nos limitamos a gerir o que existe. Queremos realmente que as coisas andem para a frente e melhorem. E isso exige esforço, coragem e determinação.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:41

Por Portugal, contra a suspenção dos fundos.

Eurodeputado José Manuel Fernandes deixa aviso sobre “enorme erro político” que seria suspender os fundos europeus estruturais e de investimento para Portugal e Espanha, ao abrigo do procedimento por défices excessivos.

“Espero que a Comissão decida não suspender os fundos europeus estruturais e de investimento para Portugal e Espanha. Isso é justo e sensato. O contrário seria um enorme erro político que mereceria do Parlamento Europeu a máxima censura e a responsabilização de quem assim o decidisse.” - afirmou o eurodeputado do PSD e coordenador do PPE na comissão dos orçamentos, durante a audição dos comissários europeus Corina Cretu (Política Regional) e Jyrki Katainen (Crescimento, Emprego e Investimento), no âmbito do «diálogo estruturado» entre o Parlamento Europeu e a Comissão sobre possíveis sanções a Portugal e Espanha ao abrigo do procedimento por défices excessivos.


Link para vídeo

Link para a intervenção completa

Link para noticia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:10

Pág. 1/2




Like box


Mais sobre mim

foto do autor




calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


subscrever feeds






Blogs Portugal