Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UM Aula Aberta EscDir.jpg

Aula Aberta na Universidade do Minho sobre a União Europeia

 

O Eurodeputado José Manuel Fernandes defende a introdução de uma nova rubrica no Quadro Financeiro Plurianual (QFP) da União Europeia, de forma a garantir uma programação orçamental destinada a Segurança, Defesa e Migrações.

“Para situações extraordinárias, como o fenómeno das migrações ou ameaças ao território europeu, é preciso dinheiro extraordinário. E isso, necessariamente, obriga a penalizar áreas de investimento já programadas, o que deve ser evitado”, sustentou José Manuel Fernandes, coordenador do PPE na comissão dos orçamentos.

A ideia foi assumida numa Aula Aberta sobre a União Europeia, promovida por alunos da Escola de Direito da Universidade do Minho e que contou também com as participações dos professores Pedro Froufe e Joana Covelo de Abreu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

JoséManuelFernandes - EP1.jpg

 

Eurodeputado Francisco Assis faz apresentação da obra que José Manuel Fernandes dedica anualmente a assuntos europeus e ao Minho

 

Os novos grandes desafios da União Europeia e o ‘Plano Juncker’, a par de uma visão sobre a realidade da região, são os temas centrais da publicação “Pela Nossa Terra – Minho 2017”, da autoria do eurodeputado José Manuel Fernandes, que é apresentada publicamente na próxima sexta-feira, dia 17, a partir das 18h30, na Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão.

No evento que conta com a participação do presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, a apresentação da publicação está a cargo do deputado ao Parlamento Europeu e cabeça-de-lista do PS nas últimas eleições europeias, Francisco Assis.

Com a concretização desta publicação "Pela Nossa Terra - Minho 2017", José Manuel Fernandes sublinha a convicção de que “é com cidadãos informados, envolvidos e empenhados que podemos aproveitar as oportunidades, vencer os desafios e aspirar à construção de um presente mais justo, sustentável e capaz de garantir um melhor futuro”.

Ao longo das 288 páginas da publicação, o autor assume o objetivo de “disponibilizar informação, suscitar o interesse e provocar a reflexão sobre matérias relevantes para a atualidade da União Europeia e da nossa região”. Entre os temas europeus focados estão o caso do Brexit e as suas implicações, o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos(FEIE) – o chamado 'Plano Juncker' – e a realidade orçamental da UE.

Numa altura em que – como refere o autor na obra – “atingimos o ‘pico’ do movimento global nacionalista” e em que “o mundo está cada vez mais imprevisível e perigoso”, José Manuel Fernandes avisa que este “este é o momento da UE unir-se”.

Relator do Parlamento Europeu para o reforço do FEIE, o eurodeputado aponta o 'Plano Juncker' como “um exemplo objetivo da capacidade da União Europeia em encontrar respostas e mecanismos comuns para superar as dificuldades”. E destaca a “oportunidade” que este fundo “representa para Portugal e para a região do Minho”, onde tem “incentivado a união de vontades e a parceria de projetos e candidaturas”.

Nesta publicação - que fornece informação sobre todos os concelhos e freguesias do Minho, incluindo os autarcas do município e os presidentes de Junta -, são ainda citados números sobre a imigração nos concelhos e atividades ligadas ao setor da construção no Minho, onde a diminuição de procura ao nível da habitação familiar se tem verificado de uma forma generalizada nas nossas freguesias.

Relativamente às informações sobre o Minho, ressalta que os números do INE sobre o envelhecimento da população e a diminuição demográfica, “dois grandes desafios que a Europa e Portugal enfrentam e aos quais a Estratégia Europa 2020 procura também dar resposta”, abrange “de forma transversal concelhos mais urbanos e mais rurais”. Em quatro anos, o Minho perdeu quase 20 mil pessoas entre a população residente, sendo o fenómeno agravado pela baixa natalidade. A imigração também não ajudou a travar o fenómeno de perda de população no Minho, com o número de estrangeiros que pedem residência na região a cair.

Nesta publicação de edição anual - e que no Minho foi lançada em 2011, sendo esta a sétima edição –, são igualmente partilhadas informações de agenda e respetiva calendarização, onde se incluem as festas e romarias da região, as comemorações dos dias internacionais e citações de diferentes autores, juntamente com definições do "Dicionário de Termos Europeus" - uma obra em permanente atualização e que é coordenada pelo também eurodeputado socialdemocrata Carlos Coelho.

 

Outras publicações

Refira-se ainda que o lançamento desta obra “Pela Nossa Terra – Minho 2017” marca o arranque de um conjunto de três apresentações públicas de obras assinadas pelo eurodeputado José Manuel Fernandes

Para o próximo dia 22 está agendada a apresentação do livro “A Economia Social em Portugal”, uma obra editada e coordenada por José Manuel Fernandes e que aborda “necessidades, perspetivas e fontes de financiamento para as instituições de solidariedade social”, contando também com contributos de vários co-autores: Eduardo Graça, Jorge Sá, Filipe Simões dos Santos, Carlos Azevedo, Miguel Alves Martins, Luís Alberto Silva, Filipa Pires de Almeida, Manuel Lemos e Lino Maia. A apresentação terá lugar às 18h00, na Santa Casa da Misericórdia do Porto, e estará a cargo do eurodeputado Paulo Rangel e do comissário europeu Carlos Moedas.

Da autoria do eurodeputado é ainda a publicação “Pela Nossa Terra – Trás-os-Montes 2017”, uma obra desenvolvida nos moldes da edição dedicada ao Minho, mas dedicada aos distritos de Bragança e Vila Real, que será apresentada no próximo dia 24, em Vimioso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28

Bagaço do Vade - brinde.jpg

Tarde de festa está agendada para 29 de janeiro no Vade, com muita animação popular. Sopas de burro cansado são outra das atrações, a par do bagaço local e petiscos.

 

A União de Freguesias do Vade, no concelho de Vila Verde, organiza no próximo dia 29 de janeiro o primeiro Festival do Vinho do Vade. Envolta em grande animação popular e forte mobilização de movimentos associativos e produtores locais, a iniciativa promete assumir-se como um evento de referência e afirmação da região.

O vinho das terras do Vade é o produto-âncora que o presidente da União de Freguesias, Carlos Cação, quer aproveitar como fator de valorização e dinamização da economia local.

Conforme explica o autarca, trata-se de um vinho de características únicas e valorizado pela textura e sabor moldados pelas expressivas encostas solarengas desta região, situada nos limites dos concelhos de Vila Verde e Ponte da Barca.

É este contexto geográfico, aliado à qualidade das vinhas e ao saber das tradições agrícolas específicas desta região, que se atribui a diferenciação do vinho tinto do Vade, que se distingue também por atingir níveis mais elevados de álcool, comparativamente com o que normalmente acontece com os vinhos verdes.

Ao lado dos diferentes produtores de vinho das terras do Vade, as famosas “sopas de burro cansado” – com broas feitas ao forno no local – serão uma das variadas atrações do festival, que vai decorrer ao longo da tarde de domingo do próximo dia 29, no Pavilhão Multiusos do Vade.

Com as típicas tigelas de barro artesanais, os visitantes vão ter a oportunidade de provar do vinho produzido por agricultores locais. Vão igualmente ser servidos variados petiscos e o bagaço típico da região.

Com entrada livre e animação ao som de música folclore e concertinas, o Festival incluirá ainda espaços de promoção de produtos locais, envolvendo movimentos das cinco freguesias que compõem o território do Vade:  Atães, Codeceda, Covas, Penascais e Valões.

«É uma aposta para ajudar à dinamização económica e também social deste território. Aproveitando as marcas da nossa identidade muito própria, as nossas raízes e as nossas tradições, queremos valorizar e rentabilizar as nossas potencialidades e aquilo que temos de melhor. Estamos num território com muitas dificuldades, de baixa densidade populacional, deslocado dos grandes centros urbanos e de acessibilidades difíceis, mas que tem potencialidades e marcas muito próprias que nos permitem distinguir pela diferenciação como um espaço de qualidade, de gente que sabe fazer e com produtos únicos. No Festival do Vinho do Vade é isso que pretendemos mostrar, num evento de grande festa, aberto e com muita animação.» – assume o presidente da União de Freguesias do Vade, Carlos Cação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59

José Manuel Fernandes enaltece resultados da Escola Básica Integrada de Vila Cova, em Barcelos

 

 O eurodeputado José Manuel Fernandes destacou hoje em Vila Cova, Barcelos, a importância do reconhecimento do excelente trabalho desenvolvido nas escolas nos meios rurais. “São os primeiros agentes promotores da coesão social e territorial”, destacou o eurodeputado, num convívio na Escola Básica Integrada de Vila Cova e que juntou professores e funcionários em época natalícia.

EBI Vila Cova 3.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


ACM - Gala de Encerramento da Época Desportiva

por JORNALdeFAFE, em 22.11.16

A Associação de Ciclismo do Minho vai realizar a GALA DE ENCERRAMENTO da época desportiva agendada no dia 10 de dezembro (15 horas) no Centro Cultural Vila Flor | Guimarães (www.ccvf.pt).

Na iniciativa serão entregues os prémios finais dos Campeonatos do Minho e da Taça do Minho e homenageados os atletas minhotos que se sagraram Campeões Nacionais em 2016  e que conquistaram resultados de relevo a nível internacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

OM2.JPG

 

 

O candidato a Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, e o candidato à Secção Regional Norte da Ordem dos Médicos, António Araújo, realizaram uma visita ao Hospital de Guimarães, com o objetivo de contactarem com os médicos desta unidade.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:01


Barreto é quem manda no PS em Braga e em Fafe

por JORNALdeFAFE, em 07.03.16

images.jpg

Foto: DR

 Joaquim Barreto continua a liderar a Distrital Socialista de Braga.

 

Resultados em Fafe:

Eleitores: 174 / Votantes: 78

Votos em Joaquim Barreto: 56 / Votos Brancos: 21 / Votos Nulos: 1

Lista de delegados ao congresso distrital: 57 favoráveis / 19 brancos / 2 nulos

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17

EPATV JMF1.jpg

Eurodeputado José Manuel Fernandes encerrou na EPATV, projeto Erasmus+ que juntou alunos e professores de 10 países europeus

 

O Eurodeputado José Manuel Fernandes explicou hoje, em Vila Verde, a importância da luta contra o abandono escolar para o sucesso da estratégia de desenvolvimento económico e social da União Europeia.

“Trata-se de um grave problema não apenas para a pessoa afetada, mas também para a sociedade e para a economia”, alertou o eurodeputado, no encerramento do projeto ‘One is too Many’ que juntou na Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) cerca de sete dezenas de jovens e professores de 10 países para reflectirem sobre o fenómeno do abandono escolar.

Numa sessão que constituiu uma réplica do plenário do Parlamento Europeu, José Manuel Fernandes vincou a importância das qualificações e da formação, não apenas para as pessoas, mas também para uma estratégia de desenvolvimento sustentado no atual contexto global, extremamente competitivo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:05


Pedro Passos Coelho no distrito de Braga

por JORNALdeFAFE, em 01.03.16

IPCA02.jpg

“Um partido ao serviço e à medida do que o país e os portugueses precisam, para garantir de forma sustentável o desenvolvimento e as melhores condições de vida”. Foi desta forma que o líder do Partido Social Democrata, Pedro Passos Coelho, sintetizou o seu compromisso na recandidatura à liderança do PSD.

“Só o PSD pode liderar em Portugal um projeto de reforma, de transformação, de crescimento que o país precisa”, assumiu Pedro Passos Coelho, numa jornada pelo distrito de Braga em que manifestou a sua preocupação com as consequências de um Governo socialista e sustentado no apoio à esquerda, com um discurso populista e distante da realidade, com particular efeito no setor da solidariedade social.

Num périplo pelo distrito – que inclui visita a instituições sociais de Cabeceiras de Basto e um encontro com dirigentes das IPSS na Póvoa de Lanhoso -, Pedro Passos Coelho afirmou estar "preocupado" com o futuro do setor solidário, que atualmente é encarado pelo Governo como "complementar".

Passos acusou, ainda, o Governo de querer "gastar dinheiro" em equipamentos "concorrentes" aos das instituições sociais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20

XCO_Fragoso_2016.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:43



Like box


Mais sobre mim

foto do autor




calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D







Blogs Portugal