Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

10959439_919931168041229_6243095402159087603_n.jpg

 

10990870_919920554708957_8625705364619655315_n.jpg

 

10984274_514657692009758_948554602608640759_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55

Banner.png

 

Os alunos de Engenharia Informática da Universidade do Minho apresentam esta sexta-feira, às 14h, no espaço GNRation, em Braga, os seus projetos a um conjunto de especialistas e empresários, tentando a sua sorte para entrar no mercado. O evento é apoiado pela StartupBraga e incide em oito produtos de software criados na unidade curricular de Projeto, em permanente contacto com as empresas e os clientes finais. Os trabalhos designam-se Nutrium, SOL, Parkr, Reconfigurable, Duster, CLAP, CloudProphet e yWallet.

 

Nutrium é um serviço na área da nutrição para simplificar o trabalho dos profissionais e melhorar a saúde dos utentes, nomeadamente na criação de planos alimentares, no aviso da hora das refeições e na notificação de que o utente as cumpriu. Já a aplicação SOL visa combater e monitorizar o uso excessivo das novas tecnologias por parte dos jovens, na medida em que estes tendem a esquecer-se do mundo envolvente e a perturbar o seu próprio desenvolvimento.

 

O Parkr permite a condutores de veículos e a utentes de parques de estacionamento saberem qual é o estado de um parque, a sua localização e como chegar. O sistema filtra os parques por zona, estado ou tipo de veículos que aceita. Por outro lado, a aplicação web Reconfigurable apoia a gestão operacional de equipas, permitindo definir fluxos de trabalho e ver o seu progresso através de quadros Kanban.

 

Plataformas para nutrição, mobilidade, emprego, gestão, ensino…

 

A plataforma web Duster auxilia na contratação de prestadores de serviços na área das limpezas ao domicílio, possibilitando a inscrição de interessados em prestar serviços domésticos e a sua procura e admissão por potenciais clientes. Quanto à aplicação digital CLAP, engloba vários serviços essenciais na vida de um universitário, como mapas, ementas e o estado de vários serviços da sua instituição de ensino superior.

 

A CloudProphet é um meio de integração de serviços como a Dropbox, GoogleDrive e OneDrive, permitindo manter pastas partilhadas com utilizadores de diferentes serviços, garantindo transparência no acesso às contas e um só ambiente com todo o conteúdo na cloud. Por fim, o yWallet é um sistema de informação para pagamentos móveis, que recorre ao Bitcoin como moeda de transação. Tem um filtro de controlo parental para gerir o dinheiro dado aos filhos, os gastos destes e o que recebem de outras fontes, como familiares ou amigos, incluindo também dicas pedagógicas de gestão para os jovens.

 

“Os estudantes esperam que este evento dê visibilidade aos seus projetos e que o mercado absorva as suas propostas de negócio, reforçando assim a posição de referência que o mestrado de Engenharia Informática da UMinho assume no panorama nacional e internacional”, refere o professor João Fernandes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:54

Sessão do Coderdojo Minho 2.jpg

 

Os mais novos estão este sábado, às 10h00, no Departamento de Informática da Universidade do Minho para aprender programação. A formação é dada por atuais e antigos alunos da academia, que querem sensibilizar os menores para a área, num país em que os programadores têm emprego praticamente garantido. A iniciativa chama-se Coderdojo Minho e chegou no último ano a mais de cem alunos do ensino básico e secundário. A sessão abre a Semana de Engenharia Informática da UMinho, que decorre até dia 21 no campus de Gualtar, em Braga.

 

O Coderdojo é um movimento mundial voluntário para iniciar jovens dos 7 a 17 anos a programar. Tem mais de 360 núcleos em 41 países, incluindo três em Portugal – Minho, Lisboa e Porto. O participante só precisa de trazer um portátil e vir acompanhado pelo encarregado de educação. Depois desenvolve competências lógicas e programa nas plataformas Scratch, HTML, CSS, Ruby e Arduino, tentando assim criar aplicações móveis e jogos simples.

 

Diogo, de 16 anos e aluno da Secundária D. Maria II, participou em todas as sessões Coderdojo Minho: "Sempre tive curiosidade sobre o funcionamento dos computadores, mas nunca tinha realmente interagido com esse mundo. Vi aqui uma excelente oportunidade: já usei Scratch, onde aprendi raciocínios de programação, e agora estou em HTML". Mariana Medeiros é recém-licenciada em Engenharia Informática e mentora voluntária do projeto. “Tenho um enorme gosto em ajudar nesta iniciativa, que pode tornar-se um dos novos projetos mais interessantes de Braga”, justifica. “Os participantes estão entusiasmados, principalmente os pequeninos, sempre a colocar questões”, realça.

 

O Coderdojo Minho nasceu em meados de 2013 através dos alunos da licenciatura e mestrado em Engenharia Informática da UMinho, reunidos no seu Centro de Estudantes (CeSIUM). Esta iniciativa procura sensibilizar crianças, jovens e os seus familiares para a sociedade de informação, promover a descoberta de futuros informáticos e mentalizar as pessoas para a importância de desenvolver estas competências desde cedo, pois facilitam a compreensão da própria matemática.

 

Mark Zuckerberg, fundador do facebook, considera que “dentro de 15 anos vamos ensinar programação da mesma forma que hoje ensinamos a ler e escrever... e vamos desejar tê-lo feito mais cedo". No futuro próximo, o Coderdojo Minho quer continuar a melhorar métodos e conteúdos de ensino, aumentar o acesso das crianças ao projeto, alargar o número de vagas por sessão e colaborar na criação de novos núcleos no resto do país. O site oficial é www.facebook.com/CoderdojoMinho.

 

Sessão do Coderdojo Minho.jpg

Sessão do Coderdojo Minho 3.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:51

- 13 de fevereiro | 18h00 | Reitoria e Instituto de Design | Lançamento do e-book “História da Universidade do Minho 1974-2014”

Intervenções do reitor António M. Cunha, do presidente da Fundação Carlos Lloyd Braga, Carlos Couto, e da coautora da obra, Márcia Oliveira. Enquanto a obra homónima em papel, lançada em junho, culminou um projeto científico, o e-book começa no dia em que é lançado. Junta documentos multimédia (registos vídeo e áudio, fotos, acesso a dossiês), podendo também o cidadão comum dar achegas. A iniciativa tem apoio da Edigma e encerra as comemorações dos 40 anos da UMinho.

 

- 14 de fevereiro | 10h30 | Pavilhão Desportivo de Gualtar | Futsal - Jogo das Estrelas

O convívio de futsal coloca frente a frente a academia e personalidades externas. A equipa da academia é composta por dirigentes da Reitoria, das Escolas/Institutos e diretores de serviços. A equipa de convidados reúne políticos nacionais e regionais, bem como responsáveis de diversas entidades que se relacionam com a UMinho. Segue-se pelas 13h00 um almoço no Restaurante Panorâmico do campus.

 

- 15 de fevereiro | 21h30 | Theatro Circo | Gala de Ópera

Com a Orquestra da UMinho e o Coro de Alunos da Licenciatura em Música da UMinho, sob direção do maestro Francesco Belli, a par dos solistas Cristiana Oliveira (soprano) e Carlos Guilherme (tenor). O reportório inclui “Norma”, de Bellini; “O Príncipe Igor”, de Borodin; “L’Elisir d’Amore”, de Donizetti; “Madame Butterfly”, “Tosca” e “Turandot”, de Puccini; “Aïda”, “Trovatore” e “Vespri Siciliani”, de Verdi.

 

- 16 de fevereiro | 09h30 | Auditório B1, Gualtar | Workshop “O papel das universidades e da investigação na Estratégia Europa 2020”

Com responsáveis máximos de instituições nacionais e europeias, nomeadamente a secretária de Estado da Ciência, Leonor Parreira, a presidente da Associação Europeia de Universidades (EUA), Helena Nazaré, a representante para a Investigação & Inovação da Comissão Europeia, Manuela Soares, vários reitores e o presidente da CCDR-N, Emídio Gomes. Evento realizado em parceria com o consórcio UNorte.pt.

 

- 16 de fevereiro | 21h30 | Centro Cultural Vila Flor | Gala de Ópera

Com a Orquestra da UMinho e o Coro de Alunos da Licenciatura em Música da UMinho, sob direção do maestro Francesco Belli, a par dos solistas Cristiana Oliveira (soprano) e Carlos Guilherme (tenor). O reportório inclui “Norma”, de Bellini; “O Príncipe Igor”, de Borodin; “L’Elisir d’Amore”, de Donizetti; “Madame Butterfly”, “Tosca” e “Turandot”, de Puccini; “Aïda”, “Trovatore” e “Vespri Siciliani”, de Verdi.

 

- 17 de fevereiro | 15h30 | Salão Medieval da Reitoria | Cerimónia do 41º Aniversário da UMinho

A sessão solene do Dia da UMinho abre com o cortejo académico e conta com intervenções do presidente do Conselho Geral, Álvaro Laborinho Lúcio, do presidente da AAUM, Carlos Videira, do vice-presidente da EUA,David Drewry, da representante da Comissão Europeia, Manuela Soares, e do reitor António M. Cunha. O programa inclui as entregas da medalha da Universidade aos funcionários mais antigos, dos prémios escolares, das cartas doutorais e do Prémio de Mérito Científico. Momentos musicais a cargo do Coro Académico, acompanhado pelo Ensemble de alunos de Música da UMinho, sob direção de Rui Paulo Teixeira.

 

- 17 de fevereiro | 19h30 | Paço dos Duques | Conferência Alumni com Dava Newman (NASA)

A vice-presidente da NASA e professora de Aero/Astronáutica e Sistemas de Engenharia no MIT apresenta o tema “Challenges and innovation in space… and in earth”. No final decorre um jantar no mesmo local. Apoiado pela dst, o evento visa também reunir antigos estudantes e colegas da UMinho, recuperar memórias e revisitar os tempos marcantes da sua vida, reaproximando-os e reforçando as ligações a esta Academia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:51


Like box


Mais sobre mim

foto do autor




calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


subscrever feeds