Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vítor Mendes, Tomás Ribeiro e José Pinheiro em bom plano no Kartódromo de Fátimamkf.jpg

A equipa MKF-Maptrack Kartódromo de Fafe – constituída este ano e representante da marca de chassis Ricciardo para Portugal – esteve em grande evidência na segunda jornada dupla do Campeonato Nacional de Karting. Através de Vítor Mendes passou a liderar a categoria X30 Shifter Master, mas a formação de Fafe também assinou uma boa prestação na categoria Cadete na qual alinham 24 pilotos, por intermédio de Tomás Ribeiro e José Pinheiro, sendo que este, com apenas seis anos de idade (!), é o mais novo do pelotão e abdicou de mais uma época na Iniciação, na qual era um dos fortes candidatos ao título de campeão nacional. Mas o piloto de Guimarães prefere evoluir…

Não foi fácil a segunda jornada dupla do Campeonato Nacional de Karting para a MKF-Maptrack Kartódromo de Fafe, na pista de Fátima, face às condições atmosféricas muito adversas. A chuva obrigou pilotos e mecânicos a trabalhos redobrados, mas no final viu todo o seu trabalho recompensado com a conquista do lugar mais alto do pódio na categoria X30 Shifter Master, resultado que colocou a equipa de Fafe na liderança do campeonato da classe cujos karts são equipados com caixa de velocidades e destinada a pilotos com idade igual ou superior a 32 anos. O experiente Vítor Mendes foi o principal protagonista: o piloto de Felgueiras após ter sido segundo e primeiro classificado nas corridas de qualificação, garantiu o quarto lugar na Final 1 e depois bateu toda a concorrência na Final 2, rubricando também volta mais rápida.
Com um ritmo forte, esteve igualmente Tomás Ribeiro na categoria Cadete, disputada por 24 pilotos. O piloto de Fafe rodou sempre no top-10 e na Final 2 garantiu o nono lugar, sendo o autor da segunda volta mais rápida. Uma prestação muito positiva, dado que estreia-se este ano em competições oficiais e perante uma vasta concorrência, mas um lugar no top-5 estava perfeitamente ao seu alcance não fosse um toque que sofreu na Final 1, que o obrigou na Final 2 a largar da 19ª posição e a recuperar até ao 9º lugar!
José Pinheiro, o mais novo do pelotão com seis anos de idade, não se intimidou quer com a concorrência bem mais experiente quer com as condições atmosféricas bastante adversas. Mas teve de lutar todo o fim de semana para alcançar um resultado positivo, dado que alguns toques e piões, devido ao estado da pista, condicionaram o piloto de Guimarães até à Final 2. Mas nesta, apesar de arrancar da 21ª posição, nunca baixou os braços e após várias ultrapassagens acabou por ver a bandeira xadrez num honroso 13º lugar, sendo o melhor ‘rookie’, a par do seu colega de equipa Tomás Ribeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02



Like box


Mais sobre mim

foto do autor




calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D