Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



unnamed.jpg

 

Este sábado, 13 de dezembro, às 22h00, o Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor transforma-se com cores e ritmos exóticos para receber no seu palco um espetáculo dedicado a Carmen Miranda, a artista de nacionalidade portuguesa que conquistou o mundo. Foi adorada no Brasil, teve a América a seus pés e foi portuguesa até ao fim.

 

Guimarães é assim a primeira cidade a ouvir, ao vivo, “Saudade de Você – Real Combo Lisbonense às voltas com Carmen Miranda”, o primeiro álbum do Real Combo Lisbonense, cinco anos depois do EP inaugural, homónimo, que assinalou a estreia do coletivo em torno da música portuguesa dos anos 1950 e 1960, tocada por conjuntos e orquestras. Editado no passado dia 24 de novembro, este trabalho tem como objetivo renovar e reinterpretar as canções popularizadas por Carmen Miranda. O álbum apresenta onze temas, entre sambas e marchas, a maioria em língua portuguesa, como “Na baixa do sapateiro”, “Adeus batucada”, “O que é que você fazia?” e “Saudade de você”, que dá nome ao disco.

 

Toda a gente conhece Carmen Miranda nem que sejam duas ou três músicas das cerca de 300 gravadas pela cantora mais internacional alguma vez nascida em Portugal. Levada ainda bebé de uma aldeia junto a Marco de Canaveses, Carmen foi para o Rio de Janeiro, cresceu brasileira e nunca voltou à terra onde nasceu. Apesar disso, os portugueses podem estabelecer uma ligação cultural e afetiva a partir das suas origens: o quotidiano familiar cheio de memórias; a primeira música que cantarolou aos cinco anos, um Fado que lhe ensinou a irmã mais velha; o contexto do Rio no início do século XX, com uma enorme população de imigrantes portugueses; a presença de Dona Maria, a mãe, ao longo da vida. Tudo isto deixou marcas na personalidade de Carmen.

 

De Várzea de Ovelha a Hollywood, com longa escala carioca, Carmen cresceu com o samba e a malandragem da Lapa, subiu na fama internacional até ao topo, mas nunca desistiu do passaporte português. Carmen Miranda, a Pequena Notável, The Brazilian Bombshell. Muitos nomes para descrever o mito que se eternizou nas roupas baianas exuberantes e nos turbantes exóticos. Com a sua personalidade vibrante e com uma propensão natural para os palcos, Carmen Miranda foi uma das primeiras estrelas com fama à escala global. Conquistou o Brasil, dominou toda a América Latina e depois tomou de assalto os Estados Unidos onde fez carreira e se juntou ao estrelato dos anos dourados de Hollywood.

 

Fazendo jus à sua fama e carreira, a carismática artista gravou no cimento do Chinese Theatre os seus pés e mãos, privilégio apenas concedido à nata do mundo do espetáculo. Também lhe foi atribuída uma estrela dourada no mítico Passeio da Fama. Carmen Miranda espalhou o seu charme pelo mundo, ditou tendências, tornou-se um ícone no Brasil, país que acabou por considerar seu, e rendeu a América tendo sido convidada para se apresentar na Casa Branca pelo Presidente Franklin Roosevelt. Carmen Miranda saltou de Portugal para o mundo, conquistou uma fama sem precedentes e partiu cedo demais deixando, contudo, uma herança notável. A imagem icónica da artista é mundialmente reconhecida mas a sua memória é mais presente no Brasil e nos Estados Unidos.

 

Quase 60 anos depois da sua morte, o legado de Carmen Miranda continua ausente da música feita em Portugal. Com este espetáculo, o Real Combo Lisbonense reaviva memórias e tenta fazer renascer a aura da artista de nacionalidade portuguesa que maior projeção mundial alcançou. Um espetáculo totalmente novo que atravessa quase três décadas de história musical, através de um repertório de sambas, marchinhas e outros ritmos tropicais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:47



Like box


Mais sobre mim

foto do autor




calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D